Páginas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Tendinite Iliopsoas

Boas,
Não me irei alongar muito em relação à lesão em questão porque também não percebo nada.
Tendinite iliopsoas é uma inflamação do tendão ou da zona em redor do tendão.
As principais causa da tendinite iliopsoas são traumas agudos e repetição excessiva da flexão do quadril.

No meu caso foi repetição excessiva do mesmo movimento.
Fui ao hospital no dia em que me começou a doer e disseram para parar 1 mês.
Completamente ridiculo ....
Estou na 2ª semana e já estou a recomeçar a correr.

Fisicamente estou a recuperar rápido mas claro com calma.
Agora psicologicamente será diferente. Um recomeço. Recomeçar e tomar atenção a todos os erros do passado. Uma nova hipótese de fazer melhor ! 

Fica aqui este pensamento também com um video brutal. Só com trabalho é que tudo se alcança.
video

Aproveito também para fazer destaque para as votações do melhor mapa do ano, onde Portugal, consegue lá meter 5 mapas no TOP 80 dos melhores do mundo.
Destaque para os mapas do POM 2012 onde andei a pastar muito tempo.
Um dos melhores 80 do ano é do CPOC - Lisboa !

Portugal tem imensos mapas de qualidade e não são só contáveis pelos dedos de uma mão de certeza.
Agora falta é, como o Diogo Miguel dizia à uns dias na entrevista para o Orientovar, chegar ao próximo nível cá em Portugal para conseguirmos competir com os melhores lá fora.

Temos vindo a dar cartas do valor dos atletas em Portugal. Através dos atletas conseguimos mostrar todo o trabalho desde os cartógrafos até aos diretores de prova passando  pelos treinadores. 
Agora é continuar com todo o trabalho duro feito até agora para poder existir cada vez melhor nível aqui, em Portugal.

Entrevista de Diogo Miguel no Orientovar:

Faz o teu TOP 5 dos melhores mapas de 2012 !


Por agora serão somente umas corridinhas lentas para recuperar e voltar em força !
Bons treinos,
DB

Um Sábado agradável - Cascais

Foi exatamente à 3 ( TRÊS ! ) semanaS que se realizou em Cascais a penúltima etapa do circuito urbano em que o CPOC era o organizador. 
O dia começou com chuva mas lá acalmou e previa-se uma prova excelente. Pena foi a quantidade diminuta de participantes para um mapa de tanta qualidade...

A última prova realizada aqui tinha sido em 2003 senão me engano ... ( este é de 2001 )

Ainda ajudei na partida mas lá chegou o último minuto das partidas onde eu começaria a prova.
Tinha 3,7 kms e fiz 27m39. Prova marcada pela saída do mapa ..... 

Estava a fazer uma prova quase perfeita até ao ponto 8 onde saí para o lado errado e perdi 4m30... É o que dá quando existe muita confiança por se fazer muitos treinos lá no mapa.
Dentro do parque consegui recuperar cerca de 40 s para o meu adversário.

Também reparei que o meu ritmo de corrida estava descoordenado com a leitura de mapa devido a estar a recuperar da anemia e o ritmo da corrida em prova ter oscilado bastante.
Agora esse não será o problema e quando recomeçar a correr vou levar mapas para ler para conseguir adaptar a leitura de mapa ao meu novo ritmo de corrida.

Não tinha ficado triste com esta prova porque este tempo que fiz tinha sido o que faria há uns meses mas sem erros técnicos. Quando olho para trás consigo ver uma progressão o que me agrada bastante e me faz querer continuar. Agora é readaptar os aspetos técnicos para perder cada vez menos tempo...





Resultados:


H18 , 27C, 3.7km, 120m (2)
Cl.Nome AtletaANLic.SIClubeTempoMin/KmPontos
1Daniel Catarino9649871996153CLAC24:066:30100,00
2Diogo Barradas9635531008139CPOC27:397:2887,16



Deu mesmo gozo fazer uma prova na velocidade máxima neste mapa tantas vezes feito.
Acho que o que me faz não me fartar deste mapa é a sua qualidade e espetacularidade.

Depois, como combinado, eu e o meu " adversário " aahh, o Daniel ,fomos de comboio até Lisboa fazer umas caches ao longo do rio Tejo.
Claro que fizemos uma paragem obrigatória no McDonald's de Cascais. Fomos a enfardar no comboio até Alcântara que foi onde saímos.

Foi um mix de boas caches e de um lugar expetacular que fez com que esta tarde de Geocaching tenha sido das melhores de sempre. Sem pressas iamos fazendo as caches que nos apetecia. 


video



Quando o Daniel apanhou o comboio para o Entroncamento novamente, em Santa Apolónia, já quase de noite, fiquei com aquele sentimento de que tinha sido um grande dia e que era para repetir sem dúvida.

Quero agradecer ao Daniel por ter vindo passar aqui o dia nestes lados porque senão não iria ter adversários e depois da prova ia simplesmente para casa aproveitar toda a sedentariedade de um fim de semana.

Aproveito para deixar aqui o link das fotos da prova de Cascais tiradas pelo meu pai. ( Álbum Picasa )

https://plus.google.com/u/0/photos/102754079085421139341/albums/5814858865610363345?hl=pt-PT

Em relação à etapa final do circuito nacional urbano irei participar mas mesmo a rolar devido a lesão de que estou a recuperar. Falarei desta lesão na próxima noticia do Blog.
Tenho pena que a adesão a este tipo de provas do circuito nacional urbano tenha sido um fiasco porque  é sempre uma oportunidade de treinar uma das disciplinas da orientação. Com tantos ótimos mapas de Sprint que temos em Portugal é um ranking com todo o sentido.

Até lá,
Bons treinos,
DB

sábado, 17 de novembro de 2012

De volta a terras alentejanas ...

Foi já à 2 fins de semana que se realizou novamente uma prova da taça de portugal desta vez de nível 2 e teve Santo André como palco.

Fui inscrito à ultima da hora e tinha como adversário o Rui Oliveira.
A prova era constituída por uma parte de floresta com 4 kms e com uma parte final de cidade com 2 kms.

Tinha 5.9 km, 24c e fiz 38m16.


Logo no primeiro ponto a estaca estava com um nº diferente da base o que me fez perder 1 m. Depois foi no 3º ponto onde desci demasiado onde perdi cerca de 2 m. Aí o Rui apanhou-me. 
Errei para o 7º ponto desviando demasiado perdendo 1m30.
Depois foi sempre no despique com o Rui e já só perdi 20 segundos no 6 e 7.

Senti-me muito bem a correr principalmente na última parte que ainda consegui dar um avanço de 10 s ao Rui mas claro já não foi suficiente.

Resultados:

H18 , 24C, 5.9km, m (2)
Cl.Nome AtletaANLic.SIClubeTempoMin/KmPontos
1Rui Oliveira955185246326Ori-Estarreja36:256:10100,00
2Diogo Barradas9635531008139CPOC38:166:2995,16

Tínhamos o mesmo percurso que os H20 e não consegui ganhar a nenhum. Ainda há muito caminho a percorrer ....

domingo, 4 de novembro de 2012

Mapa da minha escola (Escola Salesiana de Manique)

Já há cerca de 4 anos que andava com a ideia na cabeça de fazer o mapa da minha escola.
Quando a Vera entrou lá para a escola pensei mesmo que se fosse concretizar. 
Passados 3 anos e quando ela saiu da escola surgiu a oportunidade de ir fazer o curso de cartografia ( que até lá não podia fazer devido a não ter 16 anos ).

Tirei o curso em 14 e 15 de Julho ( à 3 meses e meio ) e desde então mal tinha começado tanto por falta de tempo como de vontade.

Tinha só umas pequenas coisas feitas mas quando recomecei decidi apagar tudo.
Já vou com 6 horas de trabalho e o mapa está assim :


Ainda vou ter muito trabalho pela frente porque a minha escola é ENORME .

Mapa Base :
À medida que for avançando na " confecção " do mapa irei meter as fotos aqui. Até lá ainda vou passar muitas horas à frente do computador.

Desejem-me sorte ...... 

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Finalmente ! - TP Santiago do Cacém

Helloss,
Hoje irei contar-vos o que se passou no fim-de-semana passado ( 27 e 28 de Outubro ) por terras Alentejanas.
          Chegada à arena
Nesta prova apesar de estar um pouco cansado devido aos treinos durante a semana, não estando realmente a 100% sentia que conseguia chegar a um bom resultado.
A 1ª era a Distância Longa onde tinha 6,5 kms e 380 de desnível.
Em casa, quando tinha visto a distância percebi logo que se tratava de uma longa bastante exigente em termos físicos e vendo as especificações do terreno a minha estratégia para esta prova era mesmo fazendo grandes distâncias nos caminhos era melhor do que andar nos verdes. 

Sem grandes dificuldades até que no ponto 3 saio mal do caminho e em vez de ir pelo branco embrenho-me no meio dos verdes perdendo cerca de 3 minutos.
Já só para o 10 é que hesitei muito tempo perdendo 1 minuto.

Resultados:
H18 , 14C, 6.5km, 380m (12)
Cl.Nome AtletaANLic.SIClubeTempoMin/KmPontos
1Diogo Barradas9635531008139CPOC1:04:189:53100,00
2Daniel Catarino9649871996153CLAC1:06:5910:1895,99
3André Esteves965055242368COA1:09:4710:4492,14
Foi a 1ª vitória na taça de Portugal devido sobretudo à boa forma física em que me encontrava.

No 2º dia ( Domingo, 28 de Outubro ) era a vez da prova de distância Média onde os 5 kms assustavam um bocado.
O dia começou logo mal quando fiz o erro fatal de comer demasiado ao pequeno almoço.
Ao inicio estava bem e consegui fazer os primeiros 3 pontos a um bom ritmo, até que me começou a dar uma dor de barriga que à medida que corria me doía cada vez mais. Não me consegui abstrair da dor, como algumas vezes fiz, e fui errando cada vez mais até que no ponto 7 estava tão irritado que me apeteceu desistir. Estava com 25 minutos no ponto 7 e imaginei que os meus adversários nesta prova iriam fazer 30 minutos.

A partir do ponto 4 os únicos pontos em que perdi menos que 30 segundos foram o ponto 9, 10, 17 e 18, porque de resto foi sempre a errar. Já estava a "vaguear" pelo mapa.
Tirei uma dura lição desta prova!

Resultados:

H18 , 18C, 5.2km, 160m (12)
Cl.Nome AtletaANLic.SIClubeTempoMin/KmPontos
1Daniel Catarino9649871996153CLAC39:397:37100,00
2Tiago Baltazar953581981922GDU Azoia46:519:0084,63
3André Esteves965055242368COA47:489:1182,94
...
5Diogo Barradas   9635531008139CPOC           54:38  10:30    72,57

As minhas previsões acerca do tempo vencedor do meu escalão não estavam certas. Por vezes desisto das provas e chego ao final e vejo que não fiquei assim tão longe e que havia oportunidade de ter ganho apesar dos erros feitos no inicio. Mais outra lição a tirar.


No final de contas e através da longa vantagem que tinha dado na distância longa consegui posicionar-me no 3º lugar. Não muito contente.
Saí desta prova com um sentimento que me andava a escapar à quase uma época. Senti-me forte e prevejo no futuro uma evolução bastante grande a nível de resultados e provas !

E foi assim mais um fim-de-semana com os seus altos e baixos.
Agora resta-me treinar.

É nos treinos que se ganham as medalhas. Nas provas só as vamos lá buscar.

Este será o meu lema daqui para a frente e estou pronto para semanas bem difíceis mais sei que no final tudo vai dar certo. Se não der certo é porque ainda não é o final.

Um agradecimento ao Daniel Catarino pela cedência das imagens dos mapas e Parabéns pela vitória, que espero que sirva de motivação. 

Bons treinos,
DB